o livro de boba fett análise